Home
suporte@ipb.ptMapa do SiteMini-URL
 

Engenharia Biotecnológica


Diploma conferido
Mestrado em Engenharia Biotecnológica. Título de Mestre.

Nível da qualificação
2.º Ciclo de Estudos. Nível 7 do EQF. Nível 5 do ISCED.

Requisitos de Acesso
Podem candidatar-se ao 2.º ciclo de estudos os titulares de grau de licenciado ou equivalente, os titulares de um grau académico superior estrangeiro e os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional relevante, conforme consta da descrição do Sistema de Ensino Superior Português, disponibilizada pelo NARIC (http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Reconhecimento/NARICENIC/) e apresentada na secção 8 do Suplemento ao Diploma.

Creditação das aprendizagens prévias
No seguimento da implementação do Processo de Bolonha e consequente legislação relativa à mobilidade dos estudantes entre cursos e estabelecimentos de ensino superior, deve ser alvo de creditação a formação realizada pelo estudante no âmbito de outros ciclos de estudos superiores, em estabelecimentos de ensino superior, nacionais ou estrangeiros (creditação da formação certificada), bem como ser reconhecida a sua experiência profissional e a formação pós-secundária. Nesse sentido, o IPB fomenta a creditação das aprendizagens prévias do estudante que ingressa numa formação da instituição.
Com vista à plena e célere integração do estudante no seu novo plano de formação, os processos de creditação da formação certificada e da experiência profissional devem ser submetidos aquando do seu ingresso no IPB, no acto da candidatura ao acesso ou matrícula.
Para mais informação sobre o processo de creditação no IPB (momentos, procedimentos e critérios dos processos de creditação), consulte o Portal do Candidato do IPB, em www.ipb.pt/portaldocandidato, ou a página Web dos Serviços Académicos do IPB, em www.ipb.pt/sa.

Requisitos da qualificação e regulamentos
4 Semestres curriculares (2 anos). 20 Semanas de estudo, por semestre, a tempo inteiro (40 por ano). 40 Horas totais por semana. 810 Horas totais por semestre (1620 por ano). 120 Créditos do ECTS (30 por semestre), correspondendo 1 crédito a 27 horas. Inclui uma dissertação de natureza científica, um trabalho de projeto ou um estágio de natureza profissional objeto de relatório final de 48 créditos.
Os detentores da qualificação ficam habilitados à admissão na Ordem dos Engenheiros. O título profissional de Engenheiro é atribuído por esta instituição, de acordo com as suas normas internas.

Perfil do programa de estudos
O perfil do programa de estudos está organizado em duas grandes áreas de especialização, a biotecnologia microbiana (Fisiologia e Genética Microbiana; Associações Microbianas e Biofertilizantes; Produção de Biomassa e Bioenergia; Microbiologia Industrial) e a agrobiotecnologia (Associações Microbianas e Biofertilizantes, Organismos Geneticamente Modificados; Produção de Biomassa e Bioenergia; Métodos de Diagnóstico Molecular; Biopesticidas e Biocontrolo; Biofábricas, Bioprodutos e Inovação). Um conjunto de unidades curriculares (Produção de Biomassa e Bioenergia; Tecnologia de Biocatalizadores, Engenharia dos Processos Biotecnológicos), conferem a componente de engenharia necessária a este plano curricular. Finalmente, as disciplinas que conferem as bases de estatística e delineamento experimental (Delineamento Experimental e Análise Multivariada), e de segurança e regulamentação nas indústrias biotecnológicas (Segurança e Regulamentação em Biotecnologia) completam o plano de estudos. Biologia e Bioquímica

Principais resultados da aprendizagem
O grau de mestre em Engenharia Biotecnológica é conferido aos alunos que demonstrem ter, nesta área, a capacidade de:
a) desenvolver e aprofundar os conhecimentos adquiridos ao nível do 1.º ciclo, por forma a alcançar desenvolvimentos e aplicações originais, em muitos casos em contexto de investigação;
b) aplicar os seus conhecimentos e a sua capacidade de compreensão e de resolução de problemas em situações novas e não familiares, em contextos alargados e multidisciplinares, ainda que relacionados com a sua área de estudo;
c) integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver soluções ou emitir juízos em situações de informação limitada ou incompleta, incluindo reflexões sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais que resultem dessas soluções e desses juízos ou os condicionem;
d) comunicar as suas conclusões, e os conhecimentos e raciocínios a elas subjacentes, quer a especialistas, quer a não especialistas, de uma forma clara e sem ambiguidades;
e) desenvolver competências que lhes permitam uma aprendizagem ao longo da vida, de um modo fundamentalmente auto-orientado ou autónomo.

Para concluir a qualificação, o aluno terá de obter aprovação a todas as unidades curriculares obrigatórias do plano de estudos.

Perfil ocupacional dos diplomados
O mestrado em Engenharia Biotecnológica insere-se na área de formação de Tecnologias, estando os seus diplomados especializados para o exercício de uma atividade de carácter profissional nos setores agrários/industriais de produção associados à área da biotecnologia bem como atuar ao nível das novas tecnologias de produção vegetal/animal e de rastreio e diagnóstico em sanidade vegetal/animal, intervir em áreas entre os setores primário e secundário, trazendo novas valências aos dois sectores produtivos e empreender atividades de natureza empresarial capazes de tirar mais-valia dos produtos obtidos.

Acesso a outros ciclos de estudos
O grau de mestre permite o prosseguimento de estudos de 3.º ciclo, de acordo com o organograma do Sistema de Ensino Superior Português, disponibilizado pelo NARIC (http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Reconhecimento/NARICENIC/) e apresentado na secção 8 do Suplemento ao Diploma.

Requisitos de graduação
Acesso e ingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de mestre
Graus académicos e diplomas do ensino superior - Decreto-Lei n. 74/2006, de 24 de Março, Artigo 17ª

Regulamentos de exames, avaliação e classificação
A realização de exames e a avaliação seguem o regulamento do IPB, disponível em www.ipb.pt/sa, e o Regulamento Interno da Escola, disponível em www.esa.ipb.pt.
Para informação sobre o sistema de classificação e qualificação, consulte, neste Guia, a opção “O ECTS no IPB”.

Regime de estudos
Tempo Inteiro

Diretor de Curso
Anabela Rodrigues Lourenco Martins (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.)


Áreas científicas que integram o plano de estudos
Área CientíficaSiglaCréditos ECTS
ObrigatóriosOpcionais
Biologia e bioquímicaBIB85.00.0
Ciências sociais e empresariaisCSE3.00.0
Engenharia e técnicas afinsETA21.00.0
Matemática e estatísticaMAE6.00.0
Produção animal e agrícolaPAA5.00.0
Total 120.00.0

Plano de estudos
AnoSemTipoCódigoUnidade CurricularÁrea
Científica
Créditos
ECTS
11 Semestral  5010-509-1101-00-16 Associações Microbianas e BiofertilizantesBIB5.0
11 Semestral  5010-509-1102-00-16 Delineamento Experimental e Análise MultivariadaMAE6.0
11 Semestral  5010-509-1103-00-16 Engenharia dos Processos BiotecnológicosETA6.0
12 Semestral  5010-509-1104-00-16 Fisiologia e Genética MicrobianaBIB5.0
12 Semestral  5010-509-1105-00-16 Organismos Geneticamente ModificadosBIB5.0
11 Semestral  5010-509-1106-00-16 Segurança e Regulamentação em BiotecnologiaCSE3.0
12 Semestral  5010-509-1201-00-16 Biofábricas, Bioprodutos e InovaçãoBIB5.0
12 Semestral  5010-509-1202-00-16 Biopesticidas e BiocontroloPAA5.0
11 Semestral  5010-509-1203-00-16 Métodos de Diagnóstico MolecularBIB5.0
12 Semestral  5010-509-1204-00-16 Microbiologia IndustrialETA5.0
12 Semestral  5010-509-1205-00-16 Produção de Biomassa e BioenergiaETA5.0
11 Semestral  5010-509-1206-00-16 Tecnologia de BiocatalisadoresETA5.0
2- Anual  5010-509-2001-00-16 Dissertação/Trabalho de projeto/EstágioBIB48.0
21 Semestral  5010-509-2101-00-16 SeminárioBIB12.0


Documentos adicionais

CookiesAccept

O IPB usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem confirma que aceita a nossa política de cookies.

Compreendo e concordo.
Campus de Santa Apolónia - 5300-253 BRAGANÇA * Tel: (+351) 273 303 200 / (+351) 273 331 570 - Fax: (+351) 273 325 405 * E-mail: suporte@ipb.pt