Home
suporte@ipb.ptMapa do SiteMini-URL
 

Energias Renováveis e Infraestruturas Elétricas e de Telecomunicações


Diploma conferido
Diploma de Técnico Superior Profissional em Energias Renováveis e Infraestruturas Elétricas e de Telecomunicações

Nível da qualificação
Nível 5 do EQF. Nível 5 do ISCED 2011.

Requisitos de Acesso
Podem candidatar-se à inscrição num CTeSP: os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente; os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, nos termos do Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março; os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior, que pretendam a sua requalificação profissional.

Creditação das aprendizagens prévias
No seguimento da implementação do Processo de Bolonha e consequente legislação relativa à mobilidade dos estudantes entre cursos e estabelecimentos de ensino superior, deve ser alvo de creditação a formação realizada pelo estudante no âmbito de outros ciclos de estudos superiores, em estabelecimentos de ensino superior, nacionais ou estrangeiros (creditação da formação certificada), bem como ser reconhecida a sua experiência profissional e a formação pós-secundária. Nesse sentido, o IPB fomenta a creditação das aprendizagens prévias do estudante que ingressa numa formação da instituição. Com vista à plena e célere integração do estudante no seu novo plano de formação, os processos de creditação da formação certificada e da experiência profissional devem ser submetidos aquando do seu ingresso no IPB, no ato da candidatura ao acesso ou matrícula. Para mais informação sobre o processo de creditação no IPB (momentos, procedimentos e critérios dos processos de creditação), consulte o Portal do Candidato do IPB, em www.ipb.pt/portaldocandidato, ou a página Web dos Serviços Académicos do IPB, em www.ipb.pt/sa.

Requisitos da qualificação e regulamentos
2 Anos curriculares. 3240 Horas totais. 120 Créditos do ECTS, correspondendo 1 crédito a 27 horas. O curso inclui unidades curriculares de estágio (no total de 30 créditos) e de projeto (no total de 27 créditos), ao longo dos 4 semestres.
O diploma de técnico superior profissional confere uma qualificação profissional de nível 5 do Quadro Nacional de Qualificações.

Perfil do programa de estudos
O perfil do programa de estudos compreende o desenvolvimento do conhecimento técnico e a qualificação profissional na área de educação e formação de Eletricidade e Energia, bem como o desenvolvimento de competências transversais para promoção da integração na vida ativa. Eletricidade e Energia

Principais resultados da aprendizagem
O diploma de técnico superior profissional é conferido após um ciclo de estudos de 120 créditos, que inclui três componentes de formação: geral e científica (6 créditos), técnica (84 créditos) e em contexto de trabalho (30 créditos).
Para concluir o curso os alunos têm de obter aprovação a todas as unidades curriculares do plano de estudos.
O diploma de técnico superior profissional em Energias Renováveis e Infraestruturas Elétricas e de Telecomunicações é conferido aos alunos que demonstrem, nestas áreas, capacidades para:

a) Executar a instalação e as operações regulares de manutenção e reparação de instalações de regulação e comando, utilizadas em sistemas eletromecânicos convencionais e de AVAC, em edifícios residenciais e de serviços
b) Executar a instalação, manutenção e reparação de instalações de AVAC e de produção de AQS baseada em fontes renováveis, em edifícios residenciais e de serviços.
c) Executar a instalação, manutenção e reparação de instalações de produção de energia elétrica proveniente de fontes renováveis de baixa potência.
d) Executar a instalação, manutenção e reparação de instalações de utilização de energia elétrica em baixa tensão, instalações de telecomunicações em edifícios e urbanizações, sinalização e proteção, industriais e de distribuição de energia elétrica em média e baixa tensão.
e) Conceber e implementar sistemas baseados na integração de tecnologias de informação e comunicação, para efeitos de monitorização, regulação e comando em instalações de produção, utilização e gestão de energia.
f) Executar tarefas de apoio à monitorização de instalações de energia no âmbito de auditorias energéticas e de trabalhos de manutenção, utilizando dispositivos e equipamentos de medida.
g) Supervisionar equipas e planear tarefas de execução de trabalhos no âmbito das atividades relacionadas com instalações elétricas, instalações de telecomunicações, instalações de regulação e comando e de sistemas de energias renováveis.


Perfil ocupacional dos diplomados
O Curso Técnico Superior Profissional em Energias Renováveis e Infraestruturas Elétricas e de Telecomunicações insere-se na área de formação de Tecnologias, estando os seus diplomados preparados para o desempenho de funções técnicas, no âmbito do perfil do programa de estudos, designadamente:

a) Técnico de projeto, instalação e manutenção de soluções energéticas baseadas em energias renováveis.
b) Técnico de gestão e monitorização de parques de energias renováveis.
c) Técnico responsável pela organização de processos de produção dispersa em baixa tensão e registo de autoconsumo.
d) Técnico responsável pelo projeto, execução e/ou exploração de instalações elétricas de serviço particular e público e de infraestruturas de telecomunicações em edifícios e urbanizações.
e) Auditor de planos de racionalização de energia e de medidas de eficiência energética.

Os alunos que completem o curso podem realizar inscrição:

a) Na Direção Geral de Energia e Geologia como Técnico responsável pela execução e pela exploração de instalações elétricas de serviço particular (Decreto Regulamentar nº31/83, de 18 de Abril; Decreto-Lei nº229/2006, de 24 de Novembro).

b) Na entidade reguladora ANACOM como Instalador de ITED (Infraestruturas de Telecomunicações em Edifícios), em função das condições estabelecidas no Decreto-Lei nº 123/2009, de 21 de maio, com a redação dada pela Lei n.º 47/2013, de 10 de julho.

c) Na entidade reguladora ANACOM como Instalador de ITUR (Infraestruturas de Telecomunicações em Loteamentos, Urbanizações e Conjuntos de Edifícios), em função das condições estabelecidas no Decreto-Lei nº 123/2009, de 21 de maio, com a redação dada pela Lei n.º 47/2013, de 10 de julho.

Acesso a outros ciclos de estudos
Os titulares de um diploma de técnico superior profissional têm acesso aos ciclos de estudos de licenciatura e integrados de mestrado. O acesso e ingresso realiza-se através de um concurso especial de acesso regulado por diploma próprio.

Requisitos de graduação
---


Regulamentos de exames, avaliação e classificação
As metodologias de avaliação seguem o regulamento do IPB, disponível em www.ipb.pt/sa, e o regulamento pedagógico da Escola, disponível em www.estig.ipb.pt.
Para informação sobre o sistema de classificação e qualificação, consulte, neste Guia, a opção “O ECTS no IPB”.

Regime de estudos
Tempo inteiro

Diretor de Curso
Americo Vicente Teixeira Leite (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.)


Áreas científicas que integram o plano de estudos
Área CientíficaSiglaCréditos ECTS
ObrigatóriosOpcionais
Ciências InformáticasCI6.00.0
Eletricidade e EnergiaEE93.00.0
Eletrónica e AutomaçãoEA12.00.0
FísicaF6.00.0
MatemáticaM3.00.0
Total 
120.00.0

Plano de estudos
AnoSemTipoCódigoUnidade CurricularÁrea
Científica
Créditos
ECTS
11 Semestral 
 4090-654-1101-00-17 
Corrente AlternadaEE3.0
11 Semestral 
 4090-654-1102-00-17 
Corrente ContínuaEE3.0
11 Semestral 
 4090-654-1103-00-17 
DesenhoEE3.0
11 Semestral 
 4090-654-1104-00-17 
Estágio IEE3.0
11 Semestral 
 4090-654-1105-00-17 
FísicaF3.0
11 Semestral 
 4090-654-1106-00-17 
InformáticaCI3.0
11 Semestral 
 4090-654-1107-00-17 
MatemáticaM3.0
11 Semestral 
 4090-654-1108-00-18 
Projeto em Eletrotecnia AplicadaEE6.0
11 Semestral 
 4090-654-1109-00-17 
Transferência de Calor e FluídosF3.0
12 Semestral 
 4090-654-1201-00-17 
AutomatismosEA3.0
12 Semestral 
 4090-654-1202-00-17 
DomóticaEA3.0
12 Semestral 
 4090-654-1203-00-17 
Eficiência EnergéticaEE3.0
12 Semestral 
 4090-654-1204-00-17 
EletrónicaEA3.0
12 Semestral 
 4090-654-1205-00-17 
Estágio IIEE3.0
12 Semestral 
 4090-654-1206-00-17 
Máquinas ElétricasEE3.0
12 Semestral 
 4090-654-1207-00-17 
Projeto em Eletrónica e AutomatismosEE9.0
12 Semestral 
 4090-654-1208-00-17 
Tecnologias da Informação e ComunicaçãoCI3.0
22 Semestral 
 4090-654-2005-00-18 
Projeto em Instalações Elétricas e de TelecomunicaçõesEE6.0
21 Semestral 
 4090-654-2101-00-18 
BioenergiaEE3.0
21 Semestral 
 4090-654-2102-00-18 
Energia FotovoltaicaEE3.0
21 Semestral 
 4090-654-2103-00-18 
Energia Hídrica e EólicaEE3.0
21 Semestral 
 4090-654-2104-00-18 
Energia Solar TérmicaEE3.0
21 Semestral 
 4090-654-2105-00-18 
Estágio IIIEE12.0
21 Semestral 
 4090-654-2106-00-18 
Projeto em Energias RenováveisEE6.0
22 Semestral 
 4090-654-2201-00-18 
Estágio IVEE12.0
22 Semestral 
 4090-654-2202-00-18 
Instalações de TelecomunicaçõesEA3.0
22 Semestral 
 4090-654-2203-00-18 
Instalações ElétricasEE3.0
22 Semestral 
 4090-654-2204-00-18 
Introdução aos Sistemas AVACEE3.0
22 Semestral 
 4090-654-2206-00-18 
Redes ElétricasEE3.0


CookiesAccept

Atenção: este site utiliza cookies. Ao navegar estará a consentir a sua utilização.
Para saber mais consulte a nossa política de privacidade

Compreendo e aceito.
Campus de Santa Apolónia - 5300-253 BRAGANÇA * Tel: (+351) 273 303 200 / (+351) 273 331 570 - Fax: (+351) 273 325 405 * E-mail: suporte@ipb.pt